Entenda como funciona as taxas de importações no Brasil

O governo brasileiro diz que suas novas leis que exigem bolsas de ar frontais e freios antibloqueio irão melhorar drasticamente a segurança, assim como novos padrões de impacto. Mas porque não existem centros independentes de teste de colisão no Brasil, as empresas não enfrentarão o mesmo escrutínio que em outros lugares.

Eles executarão os testes de impacto em si e apresentarão os resultados ao governo para aprovação. Como não existe uma cláusula de “conformidade de produção” na legislação brasileira, os carros não serão verificados para garantir que eles atendam as leis de segurança.

Alexandre Cordeiro, o principal ministro do governo que supervisiona as leis de segurança automotiva, reconheceu que o governo não possui seu próprio centro de teste de colisão -, mas disse que o Brasil monitorará testes de colisão realizados fora do país. https://www.facebook.com/carrosd0brasil/posts/2008711002691934

“Em relação aos testes de colisão frontal e traseira, nossos carros são tão seguros quanto os carros europeus ou americanos”, disse Cordeiro. No entanto, quando perguntado sobre as principais diferenças de desempenho que os testes NCAP documentam entre carros brasileiros e europeus, Cordeiro reconheceu que as melhorias precisam ser feitas, dizendo “precisamos evoluir e estamos trabalhando nisso”.

Ao longo dos anos, Ward disse ter assistido as mesmas batalhas a superar a segurança automóvel – a única coisa que muda é a localização.”O triste é que essa tem sido a experiência na década de 1960 nos EUA, na década de 1990 na Europa e agora na América Latina”, disse Ward. “A indústria faz o mínimo com que pode fugir até que eles sejam forçados a fazer algo diferente. É irritante”.

Taxas de importação

As importações estão sujeitas a uma série de impostos e taxas no Brasil, que geralmente são pagos durante o processo de desembaraço aduaneiro. Existem três impostos que representam a maior parte dos custos de importação: o Imposto de Importação (II), o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) eo Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Além desses impostos, vários impostos e taxas menores se aplicam às importações. Note-se que a maioria dos impostos são calculados de forma cumulativa.

ipva sp

O Brasil e seus parceiros do Mercado Comum do Sul (Mercosul), Argentina, Paraguai e Uruguai implementaram a Tarifa Externa Comum do Mercosul (CET) em 1º de janeiro de 1995. A Venezuela tornou-se membro efetivo do Mercosul em 2012. Cada país mantém uma lista separada de exceções de itens para tarifas.

Em 1995, o Brasil implementou a Nomenclatura Comum do Mercosul, conhecida como NCM (Nomenclatura Comum do Mercosul), consistente com o Sistema Harmonizado (HS) para a classificação tarifária.

O governo brasileiro estabeleceu um sistema informatizado de informação para monitorar as taxas de IPVA SP importações e facilitar o desembaraço aduaneiro conhecido como o Sistema Integrado de Comércio Exterior (SISCOMEX). O SISCOMEX facilitou e reduziu a quantidade de papelada anteriormente necessária para importar para o Brasil.

Os importadores brasileiros devem ser registrados no registro de exportação e importação da Secretaria de Comércio Exterior (SECEX) e receber uma senha fornecida pela Alfândega para operar o SISCOMEX. O registro online SISCOMEX cria documentos de importação eletrônicos e transmite informações para um computador central.

Comments are closed.

Post Navigation